A instituição

INSTITUCIONAL

Sobre a Instituição


A IES foi criada tendo por base fundamental, desde suas primeiras iniciativas acadêmicas, seu compromisso com a consolidação da Educação a Distância em nível superior no Brasil. A criação da Auden como Instituição de Ensino Superior exclusivamente a distância, objetiva a oferta de três cursos de graduação à distância, Administração, Ciências Contábeis e CST em Gestão de Recursos Humanos.
Nomeada como Faculdade Auden Educacional, esta Instituição apresenta-se no cenário nacional atual como uma IES consistente em suas práticas, e pronta para inovar a forma da oferta de cursos superiores a distância; utilizando de maneira clara e concisa as regulamentações do Ministério da Educação e os mais modernos avanços na EAD, a IES tem experiências desenvolvidas no Ensino Superior global.
A Faculdade Auden Educacional integra a construção da Educação a Distância no Brasil dedicando pesquisa e estudos avançados para implementar a oferta desta modalidade. É a partir deste exercício reflexivo sistemático, conduzido pela equipe da Faculdade Auden Educacional, e das soluções institucionais, acadêmicas, tecnológicas, pedagógicas e administrativas produzidas em seu ambiente organizacional. A Faculdade Auden é uma IES a distância, e esta experiência rara no Brasil faz com que a mesma tenha um conhecimento acumulado muito privilegiado para instituições com este perfil em todos os âmbitos institucionais. Isso se dá através de todos os processos de gestão da IES: de sua autoavaliação; das suas políticas de ensino, pesquisa e extensão; seu modelo administrativo e acadêmico; e todas estas instâncias que definem os fundamentos e princípios da Faculdade foram formuladas como projetos e práticas voltadas para a EAD.

Afinal, qual é o diferencial da Auden Educacional?

A tecnologia está mudando a forma como produzimos, consumimos, nos relacionamos e, até mesmo, como exercemos a nossa cidadania. Agora é a vez de transformar também a maneira como aprendemos e ensinamos. A Auden Educacional traz em seu DNA a fusão entre a excelência do ensino e a utilização de tecnologias. As TICs na Auden são utilizadas como ferramenta de diferenciação das metodologias de ensino e um novo desenho pedagógico.
Instituições de Ensino tradicionais em EAD utilizam a chegada das tecnologias na educação, com a intenção de educar para o uso das tecnologias. A Auden usa as diferentes tecnologias para educar.
A promessa é que esses novos recursos tecnológicos nos permitam avançar na superação de três grandes desafios da para o modelo educacional da Auden.
O primeiro deles é a equidade:
• Ampliação do acesso ao conhecimento e a recursos educacionais diversificados;
• Personalização (inteligência artificial para acompanhar o que cada um aprendeu e como aprende melhor, tudo isso em tempo real, além da oferta do que cada um precisa, a partir dos seus interesses e ritmos)
O segundo desafio é o da qualidade:
• Um conjunto de recursos mais ricos, interativos, dinâmicos, que ajudam o aluno a compreender e utilizar o que aprende;
• Apoio ao professor na construção de estratégias pedagógicas mais eficazes;
• Disponível a toda hora, em qualquer lugar, inclusive dando mais autonomia para o aluno (coconstrutor).
O terceiro é o da contemporaneidade:
• Aprendizagem que dialoga com o universo dos alunos do século 21, intensamente mediado pelas tecnologias;
• Preparação para a vida presente e futura, que também demanda competências relacionadas ao uso de recursos tecnológicos.
É preciso ter cuidado para que a tecnologia não crie apenas uma versão digital de práticas pedagógicas tradicionais. Não é mera substituição, mas oportunidade de fazermos coisas antes impossíveis. Novas abordagens, mais disruptivas, que possam trazer a educação para o século 21.
Tecnologia não substitui o professor. Ao contrário, ela empodera os educadores, permitindo que abandonem atividades mecânicas ou repetitivas, como corrigir exercícios e dar aulas expositivas, e tenham mais tempo para atuar como mediadores, mentores e designers da aprendizagem.
Assim como tem alto poder de contribuir, pode prejudicar, seja gerando muita dispersão, seja ampliando a desigualdade entre os que têm e os que não têm acesso.
Para que a tecnologia possa de fato transformar a educação, é preciso:
Asseguramos uma infraestrutura:
• Conectividade;
• Rede lógica com Wi-Fi;
• Equipamentos cada vez mais móveis;
• Uso quase transparente.
Garantir recursos digitais cada vez mais diversificados e qualificados:
• Fomentar produção por empreendedores, educadores e até alunos;
• Permitir que estejam disponíveis para escolas, professores e alunos de forma gratuita ou adquiridas pelas redes como o livro didático;
• Avaliar para que sejam sempre aprimorados.
Formar professores:
• Utilizá-las na própria formação para que eles se familiarizem;
• Oferecer referencias do que pode ser feito;
• Disponibilizar ferramentas;
• Usar para que troquem conhecimentos e práticas.
Mobilização da sociedade, especialmente famílias e alunos:
• Compreender como utilizar com propósito e da melhor maneira para que juntos possamos garantir o direito de todos os brasileiros a uma educação de qualidade, que prepare para a vida e permita a aprendizagem ao longo de toda a nossa existência.